sábado, 24 de outubro de 2020

O casamento gay, o Papa, o clero, os fiéis: o vexame de Francisco

 


Fonte: Corriere Della Sera - di Gian Guido Vecchi
Adaptação e Tradução: Rafael Jácome 

A declaração   do Papa Francisco sobre a questão da união legal para casais do mesmo sexo causou mal-entendidos. Apesar de não ser oficial, mas, dada em uma entrevista onde criou uma grande confusão entre os fiéis que estão totalmente perdidos: o que quis dizer o Papa? Possível? Por que não se expressa com clareza?
São declarações como estas que geram transtornos nas comunidades cristãs. Isso não é bom, as autoridades eclesiástica devem ser cautelosas e claras, principalmente nestes tempos delicados. Ao ler a entrevista não acreditei, procurei os jornais italianos e constatei que de fato o pronunciamento ocorreu.
As suas declarações correram o mundo inteiro, e, dentro da própria igreja romana cardiais se pronunciaram contra o Papa, como por exemplo, o Cardeal Gerhard Ludwig Müller, 73, teólogo e curador da obra omnia de Ratzinger, e que foi nomeado prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé por Bento XVI em 2012 e permaneceu no cargo até 2017. Ele afirmou: “É um problema de confusão, no mundo agora se diz "o Papa abençoa as uniões homossexuais, ele não disse, mas essas são as consequências. Ele deveria ter mais cuidado. não falou em casamento, ele disse que o reconhecimento legal seria necessário para casais do mesmo sexo, uniões civis ... E qual é a diferença, afinal? Em muitos estados, as chamadas uniões têm sido apenas a premissa para o reconhecimento dos casamentos gays. É por isso que muitos fiéis estão perturbados, pensam que estas palavras seriam apenas o primeiro passo para uma justificação das uniões homossexuais, para a Igreja, e isso não é possível ». 
Sempre um fervoroso apoiador Papal, o Cardeal Gerhard Ludwig ressaltou: “Mas o Papa não está acima da Palavra de Deus, que criou o homem e a mulher, o casamento e a família. Sou um cardeal e estou sempre do lado do Papa, mas não em todas as condições. Não é lealdade absoluta. A primeira lealdade é para com a Palavra de Deus, o Papa é o Vigário de Cristo, ele não é o Cristo. E eu acredito em Deus ». O Cardeal ainda deixou claro que a posição da igreja é contra o reconhecimento do casamento gay e que na Sagrada Escritura não fala de união civil e tudo não passa de um sofismo: “Desde o início da Escritura, em Gênesis, é dito que Deus criou o homem e a mulher. Jesus lembra aos fariseus: o homem se unirá à sua mulher e os dois serão uma só carne. Por esta razão, o único casamento possível é entre um homem e uma mulher e as relações sexuais são reservadas exclusivamente para o casamento. Não queremos condenar as pessoas com tendências homossexuais, pelo contrário, devem ser acompanhadas e ajudadas: mas segundo as condições da doutrina cristã. A Palavra de Deus é válida para todos os tempos. E ele fala da lei moral natural. A constituição antropológica não é respeitada nesta nova antropologia LGBT: dizem que não há natureza humana definida, homem e mulher, e o sexo seria apenas uma construção ideal, com todas as consequências do caso, incluindo o direito de mudá-la. Mas não há futuro para a humanidade sem reconhecer a complementaridade entre homem e mulher, os dados biológicos e psíquicos, relação que está na base da cultura humana. O Papa é também o primeiro intérprete do direito natural: por que intervém nestas questões de Estado sem enfatizar a dimensão do direito natural? ”.

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Vereador Paulinho Freire é elogiado pelos resultados da sua gestão

 


POR RAFAEL JÁCOME

O vereador da Câmara Municipal de Natal – CMN - Paulinho Freire, nas suas reuniões pelos bairros de Natal tem apresentado os números da sua gestão como presidente dessa casa. Impressiona como as pessoas têm um carinho especial pelo modo simples e simpatizante que o edil comunica as suas atividades realizadas nos dois anos como administrador. Apesar de ter iniciado seu mandato sob forte pressão de dívidas e atrasos nas contas da Câmara, ele soube sanar a crise com seriedade e cortes que beneficiaram a retomada administrava da mesma.

Mesmo com a necessidade de medidas áspera e ter gerado muitas vezes insatisfação entre os colegas vereadores, soube, no entanto, conduzir com maestria o descontentamento. Os resultados confirmados: em menos de um ano as contas estavam em dia, o salário dos servidores pagos e com datas regularmente fixadas, o imóvel reformado  e devolvido ao município de Natal o valor de R$ 5,5 milhões. Em sua avaliação, ele tem ressaltado: “O atual momento econômico do país exige adequações. Para tanto, adotamos medidas para enxugar gastos e melhorar a eficiência do poder público, como a valorização dos servidores e otimização dos recursos. Trata-se de administrar com responsabilidade o dinheiro do contribuinte”.

No período da pandemia foi devolvido em torno de R$ 2 milhões para o combate da Covid-19.

Com Leis e Requerimentos que têm contribuído para a melhoria da qualidade de vida dos natalenses, sua vida política, sem manchas e corrupções, marcam uma trajetória de responsabilidade com o setor público. Um nome respeitado nos diversos grupos sociais, conforme atestado por Emerson Jácome, empresário e sócio proprietário da Casa do Campo, loja de material de construção: “O voto em Paulinho não é só por esse mandato, mas sim pela sua competência de toda trajetória política. Uma pessoa competente, honesta. Um empresário que trata das coisas públicas como trata sua empresa. Da mesma forma que o Carnatal, a maior micareta do Brasil, é um sucesso, que dá resultados positivos, Paulinho conseguiu fazer a mesma coisa na presidência da Câmara. Parabéns, Paulinho! Que você continue sendo essa pessoa simples e admirável por todos que lhe conhecem”.

 


segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Bomba no Vaticano: Como ocorreu o escândalo do Palácio de Londres

 


Corriere Della Serra - por Mario Gerevini e Fabrizio Massaro - 
Tradução: Rafael Jácome

Tudo aconteceu no Hotel Bulgari em Milão, quarto privado. Três homens estão discutindo acaloradamente, sobre dinheiro, sobre negócios. Talvez subornos. Um é um corretor, Gianluigi Torzi. Outro é um líder do Vaticano, Fabrizio Tirabassi. O terceiro é Enrico Crasso, o gerente financeiro histórico da Santa Sé. “Você sabe que o mundo inteiro está envolvido nessa operação, certo? São os seus serviços, os serviços ingleses ... - diz Torzi - isto deve ser feito como lhes digo e ninguém se magoa, porque não é que Gianluigi tenha caído do céu e salvado a operação ... ” . A operação de que falam, que permaneceu secreta até outubro de 2019, é hoje conhecida como "o escândalo do palácio de Londres", o cerne da investigação criminal do judiciário vaticano.

 

O registro

 

Os tons são altos. As maldições voam. Às vezes talvez se gabem, eles aludem. Eles certamente negociam. Existem muitos milhões em jogo. Enquanto isso, entre os presentes na sala, alguém grava secretamente. O Il Corriere Della Sera ouviu trechos amplos do áudio (às vezes incompreensíveis). "Fabbrì - insiste o corretor - mas você sabe quantos milhões de merda eu ganhei na minha vida, eu? Porc ... ». O dinheiro de que falam é aquele reservado pela Secretaria de Estado, alimentado com as ofertas dos fiéis ao Papa Francisco: os Pence de São Pedro. É 19 de dezembro de 2018; duas semanas antes, a Secretaria de Estado havia chegado a um árduo acordo com o financista Raffaele Mincione para sair de seu fundo no qual haviam sido investidos US $ 200 milhões e assumir 100% do prédio na Avenida Sloane. A complexa manobra foi confiada ao então desconhecido Torzi. “Você salvou a minha bunda - diz Tirabassi, o maior leigo entre os gestores de fundos da Secretaria - diante de uma operação pela qual ... eu não era responsável pelas coisas ... e ao contrário todo mundo não pegou nada. '



domingo, 18 de outubro de 2020

Álvaro Dias e o dilema da vitória

 

Por Rafael Jácome

O clima que tudo está indo bem e caminhando para a vitória ainda no primeiro turno, prevalece diante de qualquer comentário de um possível segundo turno nos liderados pelo atual prefeito de Natal. Segundo eles, o momento é de constante avaliações e vigilância para não cometerem erros, atropelos, quebra de focos, discórdias, clima de “já ganhou” e intolerância nas relações entre os colaboradores de Álvaro Dias.

Entretanto, a oposição está se aliando para um provável confronto no segundo turno. Isso não é bom para Álvaro, tendo em vista a enorme quantidade de candidatos opositores. Com um Kelps Lima se destacando na liderança dos seus adversários, podemos ter duas vertentes:

1ª – confirmando-se Kelps como seu opositor no segundo turno, é bem provável que correntes de partidos de esquerda e grupos descontentes pelo "isolamento" dado por Álvaro antes do pleito, declarem os seus apoios. Porém, como é difícil acreditar em seus acordos e nas suas palavras, este bloco não terá forças para um enfrentamento em iguais condições; e

2ª – Caso Álvaro seja mais flexível, no pouco tempo que terá para negociar acordos, dificilmente perderá a eleição. O grande problema é saber da disposição do prefeito nas negociações.

Apesar do quadro atual de projeções das pesquisas, é bom ambos os lados estarem atentos ao que pensa a população.

Ele voltou, pediram e o blog Tutorial do Rafael Jácome retoma atividades.

 Desde o dia 20 de agosto que este blog estava parado. Diante de tantas solicitações de amigos e admiradores dos meus escritos, eu resolvi retomar as atividades. Vale salientar que durante este período, as pessoas não deixaram de me acompanhar, onde mais de 10.000 páginas foram lidas. Atualmente, atingi o número de 124.400 páginas abertas. É muito para quem tem apenas amigos lendo. Quero agradecer a todos que me incentivaram e espero contribuir com boas informações e textos imparciais. Escrever é uma arte e fico feliz com os elogios recebidos, apesar que não é fácil expressar em um texto o que as pessoas gostariam de ler. Vamos em frente!

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

PESQUISA DO BLOG DO BG/SETA DEIXA VEREADORES COM OS NERVOS À FLÔR DA PELE

 

Depois da divulgação da pesquisa, vários vereadores estavam macambúzios, ou seja: que, por temperamento ou circunstancialmente, se mostram tristes, taciturnos, guardando silêncio e mal-humorados. Clima pesado!

 

NOMINATA DO PTB VEM FORTE PARA ELEGER DOIS VEREADORES

 Imagem

Por Rafael Jácome

Apesar da confusão feita pelo presidente estadual do partido, Getúlio Batista, que sem consultar ninguém da nominata municipal, lançou seu nome para vice-prefeito na coligação do coronel Hélio (o mesmo que vai precisar de GPS para andar em Natal), os pré-candidatos a vereadores afinaram o discurso e uniram suas forças para o próximo pleito. Liderados pelo estrategista político Naelson Borja, o grupo tem todas as chances de fazer dois vereadores. É a nominata mais forte oriunda de pessoas sem mandatos políticos.

 


Paulinho Freire vive maratona de audiências com os vereadores.

 Paulinho Freire é empossado presidente da Câmara Municipal de ...

Por Rafael Jácome

Dizem que o presidente da Câmara Municipal de Natal não tem tempo nem para almoçar. Além de administrar a instituição e sua campanha, ele continuamente acalma os ânimos dos demais edis. Em tempo de ano eleitoral tudo é motivo de intrigas.


Carlos Eduardo vai se render a Lista Tríplice?

 NATAL, ÁLVARO DÍAS E CARLOS EDUARDO NÃO FALAM A MESMA LÍNGUA NEM ...

Por Rafael Jácome

Depois da péssima repercussão do nome de Aila Ramalho para ser vice de Álvaro, comenta-se que o prefeito pediu para que, assim como Carlos Eduardo exigiu quando candidato a prefeito três nomes para ele escolher, também ele faça o mesmo. processo. Será?

 


segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Trump assina o decreto exigindo a venda da TikTok. Mas, a Microsoft pretende comprar negócios globais

 TikTok, il ceo di Microsoft rassicura Trump. E le trattative per l'acquisizione proseguono

Fonte: La Reppublica


Depois de ameaçá-lo por dias, o presidente dos EUA, Donald Trump, assinou um decreto proibindo transações com os proprietários chineses dos aplicativos TikTok e WeChat e, assim, empurrando efetivamente o ByteDance chinês para vender sua participação nas operações da TikTok nos EUA. “Qualquer empresa que continuar a fazer negócios com a TikTok em 45 dias - disse Trump - estará sujeita a sanções”.

Antes da assinatura do presidente dos EUA, o Senado dos EUA aprovou por unanimidade a lei que proíbe o uso do aplicativo chinês Tik Tok em todos os dispositivos de funcionários federais.

Esses movimentos provocaram a reação imediata da China, que acusa os Estados Unidos de "manipulação política". De acordo com o Ministério das Relações Exteriores de Pequim, as decisões prejudicarão as empresas e consumidores americanos. Também comovente é o mesmo Bytedance, que ameaça recorrer aos juízes norte-americanos. “Usaremos todos os meios disponíveis - diz uma nota - para garantir a conformidade com o estado de direito e que nossa empresa e nossos usuários recebam um tratamento justo. Se isso não for possível pelo governo dos Estados Unidos, então pelos tribunais. EUA. "

O aplicativo foi criticado por legisladores e pela administração Trump após preocupações expressas pela inteligência dos EUA em relação ao risco de "controle excessivo" nos EUA de tecnologias por 'grandes técnicos' chineses.

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Programa da Escola do Legislativo da Câmara estréia hoje


Com a suspensão das atividades da Câmara Municipal de Natal previstas até o próximo dia 15 de agosto, os setores internos da casa legislativa começam a se preparar para uma retomada gradativa, responsável e respeitando todas as recomendações dos órgãos de controle de saúde.

O primeiro deles é a Escola do Legislativo Wilma de Faria, que inicia no próximo dia 4 de agosto uma sequência de atividades virtuais, englobando ciclos de palestras e mesas redondas marcando o início do segundo semestre. O intuito é preparar tanto os servidores quanto a comunidade para a retomada gradual de atividades em tempos de combate à pandemia.  As palestras e mesas-redondas vão compor o programa “Momento Atual”, cujas gravações estão sendo realizadas pela TV Câmara Natal. Todo o conteúdo produzido será disponibilizado pelo YouTube da TV do Legislativo Municipal, site e redes sociais da Câmara de Natal.

“Este ano, a Escola do Legislativo completa 15 anos e isto é um marco na sua história. Quantas discussões dentro desta instituição já aconteceram e que se transformaram em pautas importantes para a cidade do Natal, por isso que a sua retomada neste momento traz uma enorme contribuição ao legislativo municipal. A importância da Escola é muito grande para o legislativo através de palestras, cursos e de formação em geral”, diz o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Paulinho Freire (PDT).

“Preparamos uma programação de retorno motivadora e esclarecedora. Como por exemplo, trazendo psicólogos, educadores físicos e assistentes sociais. Também iremos ter uma palestra com Lígia Limeira tratando sobre eleições 2020, um tema atual e de relevância social. Tudo isso, objetivando nos preparar para a nova realidade nos trabalhos”, explicou o diretor da Escola do Legislativo, Rafael Jácome.

O diretor-geral da Câmara de Natal, Francisco Dagmar Fernandes, relembra que todos os esforços vêm sendo feitos para que uma programação, em dois momentos, possam engrandecer esta nova etapa na Câmara. “O primeiro será tratando sobre temas da atualidade no que se refere aos 15 anos da escola, os efeitos da pandemia na vida das pessoas; e o segundo momento, do pleito das eleições municipais. A programação será adequada a esta nova realidade que vivemos e já vamos iniciar agora em agosto. E sua amplitude será maior, pois contará fortemente com os novos mecanismos digitais e da TV, além de tudo que ficará disponível no site”, concluiu.

TV CÂMARA TERÁ NOVO CANAL
A TV Câmara Natal vai passar por mudanças, a partir deste mês de agosto. Sintonizado atualmente pelo canal 51.4, a TV do Legislativo Municipal vai alterar o número do canal de transmissão para o 10.2, em sinal aberto, a partir do dia 29 de agosto. A mudança visa tornar as emissoras legislativas mais acessíveis aos telespectadores.

terça-feira, 4 de agosto de 2020

A brincadeira é esconde esconde, quem alcançar o outro será o vencedor

Brincadeiras de rua para divertir a garotada - Prefeitura do ...

Por Rafael Jácome


Em termos de discurso oposicionista ao prefeito Álvaro Dias o cenário é o mesmo. Os pré-candidatos como Kelps Lima e Hermano Morais, ainda não encontraram o viéis da oratória para justificar suas eloquências. Em tempos de uma nova simbiose, denominada de "Novo Normal", a única novidade é a apresentação pelos partidos de nomes desconhecidos e estranhos ao povo natalense.

Vamos começar pelo PTB de Roberto Jefferson que não engana a nenhum de nós pelo seu passado esdrúxulo, sagaz e fraudulento do "Mensalão", e, neste momento quer ser um paladino da justiça. Ele lançou o nome do Coronel Hélio. Este, por sua vez, se diz ser o "porta-voz" do presidente Bolsonaro. De memória curta, ele esquece que foi contra o vereador Cícero Martins quando o mesmo indicou o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, para receber o Título de Cidadão Natalense. Tornou-se um desafeto da família e dos Bolsonarista da capital. Tudo está gravado!

Nesta segunda-feira (03), em seu programa de rádio (que recomendo acompanhar por sua irreverência), o colega jornalista Ciro Pedroza perguntou ao pré-candidato do PT, Jean Paul, se sua candidatura a prefeito "é de vera ou à brinca? Numa clara sensação do pensamento dos demais eleitores de Natal, em se tratando de um desconhecido em tempos de aventura. Em sua resposta o senador disse que "Natal não é um laboratório de experiência" vem para competir com seriedade. Citou que o partido está unido em torno do seu nome (acho muito difícil, pois ali nunca houve unidade partidária).

O PSL foi mais além trazendo o delegado Sérgio Leocárdio como seu nome ao posto de prefeito. Na campanha passada para vereador teve pouco mais de 1.100 votos. Um número muito pífio para pretensão de uma eleição majoritária. 

Temos mais um Coronel na disputa: Azevedo. Este na "onda Bolsonaro" conseguiu a vaga de deputado estadual. De pouca expressão, duro e áspero, o seu partido PSC montou uma nominata que talvez  faça 1(um) ou nenhum vereador. 

O fato é: diante de tantos desconhecidos dos natalenses, vamos brincar de "esconde-esconde" e soltar um Coronel ( de preferência o Hélio) e um socialista/comunista, que não é nem alaranjado, quanto mais vermelho, em dois pontos extremos de Natal - Mãe Luiza e Felipe Camarão. Quem descobrir o caminho maís próximo para alcançar o outro será o vencedor!

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Não é Maia, Alves, substrato de Vilma, nem parente de Fátima, tampouco amigo de Carlos Eduardo

Álvaro Dias lidera pesquisa Consult para prefeito de Natal em 2020

Por Rafael Jácome

Não é Maia, Alves, substrato de Vilma de Faria, nem parente da governadora Fátima do PT e tampouco amigo do ex-prefeito Carlos Eduardo: é um "anônimo que a capital do estado passou a conviver, transformado em candidato, hoje imbatível, na prefeitura". Essa é a definição em relação ao prefeito Álvaro Dias dada pelo publisher e analista político paraibano Walter Santos na Revista Nordeste.

Admais, ressaltou o que este blog sempre cita: "Alvaro Dias caminha para reeleição na Prefeitura pela inanição eleitoral dos principais líderes políticos." Tenho dito que falta discurso coerente e envolvente da oposição.

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Postos de trabalho, em tempo de pandemia, o Brasil vai de mal a melhor

Carteira de trabalho: orientações e cuidados com o documento | PH ...

Por Rafael Jácome

Em pleno período inicial da pandemia, no mês de abril, 900 mil pessoas perderam seus postos de trabalho, em junho, 10,9 mil vagas de empregos foram fechadas. Segundo os avalistas políticos, os números no agregado do semestre são péssimos, porém, na análise de mês a mês, há uma melhora expressiva.

Os dados divulgados pelo IBGE demonstram que houve uma elevação da massa de renda das famílias, em junho em comparação com o mês de maio, possibilitando uma possível retomada de crescimento da economia

Coronavírus, a europa em alerta

Motivos para conhecer Madri | Magic Way

Fonte: Corriere Della Sera


Depois da França, Grã-Bretanha, também a Alemanha coloca em alerta os seus cidadãos para não viajar em algumas regiões da Espanha.

Viajando pouco, o menos possível: da Alemanha à França, da Grã-Bretanha à Espanha, o medo da segunda onda de contágios leva os governos a restringir o movimento de seus residentes no exterior e, portanto, o turismo internacional, gerando uma grande crise, pior que a ocorrida em 2008.

Madri reage ao índice europeu. Na frente externa contra os governos, em particular Londres, Paris e Berlim, que convenceram mais ou menos energicamente seus cidadãos de viajarem para a Espanha. Porém, existe uma luta doméstica contra os indisciplinados que, especialmente à noite, esquecem as precauções anti-Covid e encontram-se em "botelles" festivos e lotados, eventos com alto teor alcoólico, nas praças ou nas praias, apesar das multas de até € 15.000. E Madri restaurou a obrigação de usar máscaras mesmo ao ar livre.

Mas os surtos de coronavírus que surgiram nas últimas semanas em comunidades autônomas já comprovadas, como Catalunha, Aragão e Navarra, não justificam, segundo o premiê Pedro Sánchez, o embargo turístico contra todo o país, incluindo as ilhas, decretadas pela Grã-Bretanha, acompanhadas da Bélgica, Noruega, Holanda e agora também da Alemanha. Onde também a situação interna não é tranquilizadora. Dois dias atrás, um novo surto foi encontrado em uma fazenda na Baviera, perto de Mamming, 174 trabalhadores sazonais deram positivo para coronavírus e 500 empregados acabaram em quarentena. O instituto alemão de epidemiologia registra uma média diária de 557 novos casos, enquanto em meados de julho havia 350. 

Mas, por enquanto, a Espanha é a vigilância especial na Europa. Aqueles que retornam ou chegam de seu território estão sujeitos a 14 dias de quarentena obrigatória na Grã-Bretanha e dez dias na Noruega. O isolamento também é esperado na Bélgica e na Holanda, mas apenas para aqueles provenientes de determinadas regiões, como Catalunha, País Basco e Galiza.

A temperatura global aumentou em todas as partes do mundo



Fonte: Corriere Della Sera


A temperatura global  aumentou de 1950 a 2017 em todas as partes do mundo, tanto em frequência quanto em duração.  O aumento das ondas de calor trás enormes consequências para um planeta que continua a superaquecer a uma velocidade vertiginosa. Os setores envolvidos variam desde a produtividade do trabalhador (especialmente aqueles que trabalham regulamente fora, no calor), ao aumento do uso de aparelhos de ar condicionado e, infelizmente, ao aumento da mortalidade associada ao calor.

segunda-feira, 27 de julho de 2020

'Mosquitos de banheiro' viralizam nas redes sociais, "Sem nome, sem som, sem função", diz o post viral.

acabar com os mosquitos do banheiro

Fonte: O Estado de Minas
Adaptação: Rafael Jácome

Os famosos “mosquitos de banheiro” chamaram a atenção dos internautas na tarde desta segunda-feira (27). No Twitter, diversos usuários discutiam as origens do inseto que some e desaparece diversas vezes. "Sem nome, sem som, sem função", diz o post viral. Mas afinal, que mosquitos são esses?

Pertencentes à família  Psychodidae, os “mosquitos de banheiro” possuem uma necessidade natural de estar perto de água. É em ambientes úmidos que esses animais são capazes de reproduzir e colocar ovos. Por isso é tão comum encontrá-los em ralos de banheiro, torneiras e filtros de água. 

De acordo com a Insect Bye, o banheiro, como local úmido, é ideal para a vida deste inseto. É nos ralos que esses mosquitos gostam  de se reproduzir e deixar seus ovos. Quando os ovos chocam, os mosquitos voltam para o banheiro em busca de uma nova fêmea, aí o ciclo se repete. Além disso, há muito material orgânico no bainheiro, o que também chama a atenção desse tipo de inseto.

Como eles colocam os seus ovos no ralo, você precisa deixar as condições dele hostis para eles, para que os ovos morram e eles não consigam mais botar outros.

Para acabar com os ovos, nós recomendamos que você use qualquer um dos seguintes produtos, ou até mesmo eles juntos.

Água sanitária;
Bicarbonato de sódio com água bem quente;
Desinfetantes;
Solução com sabão em pó, bicarbonato e vinagre.
Na hora de lavar o banheiro, use esses produtos só no ralo, e repita o processo a cada lavada ou todos os dias até eles sumirem.

Mas pra fechar com chave de ouro e sumir de vez com todos os mosquitos do banheiro, o melhor mesmo é que você… Feche o ralo!

Toffoli manda dissolver comissão instalada na Alerj para analisar impeachment de Witzel

O governador do Rio Wilson Witzel

Fonte: Extra

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, mandou a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) dissolver a comissão formada para analisar o o processo de impeachment aberto contra o governador Wilson Witzel. Ele estipulou que outra comissão seja formada, seguindo os critérios de proporcionalidade da representação que cada partido político tem na Casa.

O ministro atendeu um pedido da defesa do governador que alega que a comissão precisa ser formada respeitando o limite da proporcionalidade, enquanto no entendimento da Assembleia, era necessário a participação de um deputado de cada partido.

"Ante a iminência do prazo para o reclamante apresentar sua defesa (29/07/2020), defiro a medida liminar para sustar os efeitos dos atos impugnados, desconstituindo-se, assim, a comissão especial formada, para que se constitua outra comissão, observando-se a proporcionalidade de representação dos partidos políticos e blocos parlamentares, bem como a votação plenária dos nomes apresentados pelos respectivos líderes, ainda que o escrutínio seja feito de modo simbólico", diz trecho da decisão.

domingo, 26 de julho de 2020

Estudo aponta como a Covid-19 pode causar a perda de olfato

A perda de olfato é um dos principais sintomas de Covid-19 (Foto: Richárd Ecsedi / Unplash)

REDAÇÃO GALILEU

Um dos principais sinais da Covid-19 é a perda temporária de olfato: cerca de 65% dos pacientes com a doença apresentam esse sintoma ou a perda de paladar. Um novo estudo conduzido por neurocientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, conseguiu identificar as células olfativas mais vulneráveis ​​ao Sars-CoV-2 – e sugere que, na maioria dos casos, é improvável que a infecção pelo novo coronavírus cause a incapacidade permanente de sentir cheiros.

Como as descobertas indicam que o novo coronavírus não afeta os neurônios diretamente, os cientistas acreditam que a maioria das pessoas que perdem o olfato ao terem Covid-19 devem recuperar esse sentido. "Acho que é uma boa notícia, porque uma vez que a infecção desaparece, os neurônios olfativos aparentemente não precisam ser substituídos ou reconstruídos do zero", disse Sandeep Robert Datta, coautor do estudo e professor associado de neurobiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, em um comunicado. O especialista, no entanto, aponta que é preciso coletar mais dados e fazer mais pesquisas para confirmar essa hipótese.

Com as descobertas, Datta e sua equipe acreditam que a perda de olfato relacionada à Covid-19 ocorre por uma perda temporária da função das células de suporte no epitélio olfatório, o que indiretamente provoca alterações nos neurônios sensoriais olfativos. "No entanto, ainda não entendemos bem o que são essas alterações", admitiu o especialista.

De acordo com o cientista, embora a perda de olfato pareça um "fenômeno curioso", ela pode ter efeitos devastadores para as pessoas que sofrem com ela. "Ela pode ter consequências psicológicas sérias, e pode ser um problema de saúde pública muito grave se tivermos uma população cada vez maior que tenha perdido o olfato permanentemente", observou.

O triste fim de Fátima Bezerra

07 | abril | 2020 |

Por Rafael Jácome


A governadora Fátima Bezerra nunca foi tão sábia ao afirmar que “quem dá o tom é a ciência”. Lamentavelmente o tom negro dado pelos técnicos da saúde não enganou a população: o cenário da pandemia é extremamente real. 

A governadora apesar de viver, talvez não sentir, a realidade do tom da ciência, deu às costas ao povo Riograndense do Norte: enquanto maquiava ações no enfrentamento do Covid-19, entrou no lamaçal de atos de improbidade administrativa, com vários escândalos no uso das verbas provenientes para o combate ao novo coronavírus. 

É inadmissível acompanharmos a ausência e omissão de combate a Covid-19 diante de um quadro de pânico, angústias e perdas de entes queridos. Ainda assim, não percebemos nenhuma ação da justiça, inclusive, diante de tantas denúncias, o Ministério Público permanece inerme a tudo. Lamentável!

sábado, 25 de julho de 2020

Eleições 2020, mais de 150 milhões de eleitores aptos, como será?

Com o mote #SeuVotoTemPoder, a logo reforça a importância da participação popular no processo el...
Por Rafael Jácome




Calcula-se que mais de 150 milhões de eleitores estarão aptos a votarem na eleição de 2020. A pré-campanha começou sem nenhuma novidade, mas,  com um alerta em comum entre as questões partidárias: os efeitos do novo coronavírus. A data foi adiada para o mês de novembro, tendo em vista as mudanças nas relações sociais provocadas pela pandemia. 

A primeira questão que abordamos é o crescente número de casos de infecções ao coronavírus que tem provocado temor e dúvidas em relação às eleições em novembro. O mundo ainda não está fora do perigo da pandemia, aliás, alguns países continuam em pleno desenvolvimento do vírus. É o caso do Brasil, onde temos dados alarmantes e em contínuo crescimento de novos casos positivos e de mortes.

A segunda questão é o retorno às aulas, onde cerca de 55 milhões de alunos estarão próximo uns dos outros, e convenhamos, com suas espontaneidades entre abraços e beijos.  O número aumenta quando colocamos professores e funcionários. Como se configurarão as medidas para adaptar as crianças, adolescentes e os jovens nesta  nova forma de relação social? O protocolo conseguirá impedir a proliferação do vírus?

A terceira questão é relativa as partidas de futebol, shows e os diversos entretenimentos.  Quais serão as novas regras a serem fixadas até novembro e que possam ser implantadas para reiniciar todas as atividades sem aumentar as infecções por coronavírus?

A quarta questão é sobre a relação eleitor X candidatos. Será inadmissível os modelos passados de muitas reuniões com aglomerados de pessoas, contatos diretos com beijos e abraços, pessoas abrindo as portas das suas casas para receber estranhos,... Permanecendo este cenário,  aumentará a transmissão do vírus.

As primeiras respostas às perguntas estão sobre a mesa. E elas partem de uma recomendação que agora é um fato real: "para evitar novos surtos".  Detalhe: imaginem centenas de pessoas digitando os números dos seus candidatos nas urnas eletrônicas com riscos iminentes de contágios. A palavra é REINVENTAR!

Arqueologia, Cepas de varíola são encontradas em esqueletos vikings de 1400 anos

Cepas de varíola são encontradas em esqueletos vikings de 1400 anos (Foto: Thames Valley Archaeological Services)

REDAÇÃO GALILEU

A análise genética de dentes de diferentes esqueletos viking descobertos no norte da Europa revelou a presença de cepas extintas do vírus causador da varíola. O estudo, publicado nesta quinta-feira (23) na Science, prova pela primeira vez que a doença já existia há 1400 anos — um milênio antes do que se pensava.

A varíola se espalha de pessoa para pessoa por meio de gotículas infecciosas. Ela é altamente letal: só no século 20, matou aproximadamente 300 milhões de pessoas. A erradicação só aconteceu em 1980, graças a um esforço global de vacinação em massa.

"Nós já sabíamos que os vikings se movimentavam pela Europa e além, e agora sabemos que eles já tinham varíola. As pessoas que viajam pelo mundo espalham rapidamente a Covid-19 e é provável que os vikings espalhassem a varíola", explicou Eske Willerslev, que liderou a pesquisa, em comunicado. "Naquela época, eles viajavam de navio, e não de avião. As informações genéticas de 1400 anos extraídas desses esqueletos são extremamente significativas porque nos ensinam sobre a história evolutiva do vírus que causou a varíola."

Os historiadores acreditam que a varíola exista desde 10 mil a.C., mas até agora não havia provas científicas de que o vírus estivesse presente antes do século 17. Não se sabe como ele primeiro infectou os seres humanos, mas acredita-se que tenha vindo de animais. "A versão inicial da varíola estava geneticamente mais próxima, na árvore genealógica, aos vírus da varíola animal. Ela não se parece com a varíola moderna, mostrando que o vírus evoluiu", disse Lasse Vinner, coautor do estudo.

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Mike Tyson pronto para voltar ao ringue: "Ele lutará no dia 12 de setembro"

Tyson pronto al ritorno sul ring: "Combatterà il 12 settembre"


Fonte: Corriere Della Sera

Tudo confirmado. Mike Tyson retorna ao ringue aos 54 anos. O lendário ex-campeão dos pesos pesados ​​enfrentará Roy Jones Jr em uma partida de exibição em oito rodadas no dia 12 de setembro em Los Angeles. Iron Mike havia sugerido seu retorno alguns meses atrás, quando em um pequeno vídeo postado em seu perfil no Instagram, ele foi visto durante uma sessão de treinamento com seu treinador. No final do vídeo, ele se virou para a câmera gritando: "Estou de volta". Sua última luta remonta a 2005, quando foi derrotado por Kevin McBride, a sexta derrota nas 58 lutas de sua carreira. 

Roy Jones Jr. lutou pela última vez em 2018. Foi o próprio Tyson quem o anunciou através do site 'Legends Only League': "Será fantástico". Em maio, já se falava em retorno à cena de Tyson, contra o histórico rival Evander Holyfield, por caridade.

Aprovada MP que tira obrigatoriedade de 200 dias letivos em 2020

Sessão deliberativa remota (SDR) do Senado Federal realizada a partir da sala de controle da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen). Ordem do dia.   Já aprovada na Câmara dos Deputados, será votada no Senado hoje, a MP 934/2020 que desobriga as escolas de educação básica e as universidades do cumprimento da quantidade mínima de dias letivos neste ano em razão da pandemia de covid-19.   Relator da MP 934/2020, senador Carlos Fávaro (PSD-MT) em pronunciamento.  Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

Fonte: Agência Senado



Em sessão remota nesta quinta-feira (23), o Senado aprovou o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 22/2020, que desobriga escolas e universidades de cumprir a quantidade mínima de dias letivos em 2020 devido à pandemia da Covid-19. Aprovada com 73 votos, a matéria será encaminhada à sanção presidencial.

O PLV 22/2020 tem origem na Medida Provisória (MPV) 934/2020, que promove ajustes no calendário escolar de 2020. O texto foi relatada pelo senador Carlos Fávaro (PSD-MT). A matéria será encaminhada à sanção presidencial.

O relator apresentou voto pela aprovação da matéria na forma do projeto de lei de conversão aprovado na Câmara dos Deputados, no último dia 7, e rejeitou as 41 emendas apresentadas ao texto no Senado.

O que foi aprovado

Os calendários escolares da educação básica poderão ser recompostos com um número inferior a 200 dias letivos, desde que garantido o cumprimento do mínimo de 800 horas de carga horária.

Na educação superior, será possível o encerramento do ano letivo sem a obrigação de cumprimento dos 200 dias letivos. Também será permitida a antecipação da conclusão dos cursos de Medicina, Farmácia, Enfermagem e Fisioterapia, desde que cumpridos 75% da carga horária dos estágios. O objetivo é atender a necessidade de profissionais habilitados nessas áreas para atuarem no Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Foi incluido o Curso de Odontologia.

O texto também mantém a dispensa dos dias letivos no ensino fundamental e no ensino médio. Na educação infantil, dispensa também o cumprimento da carga horária. Mesmo assim, as escolas não estão impedidas de promover atividades pedagógicas não presenciais, desde que observados os cuidados essenciais.

Sobre o Enem, o projeto determina que a data de sua realização seja definida em coordenação do Ministério da Educação com os sistemas estaduais, e que o Sisu seja compatibilizado com a nova data do Exame Nacional do Ensino Médio.

O texto atribui ao Conselho Nacional de Educação (CNE) a definição de diretrizes nacionais sobre as atividades pedagógicas não presenciais e seu cômputo para a integralização da carga horária, respeitadas as normas locais e a autonomia das escolas.

Também obriga a União, estados, Distrito Federal e municípios a coordenarem suas ações com apoio técnico e financeiro federal, como forma de assegurar tanto a garantia de atividades não presenciais quanto o retorno das atividades regulares, que devem observar as diretrizes das autoridades sanitárias.

Pela matéria, permite-se o estabelecimento de um período de dois anos (2020-2021) para o cumprimento da carga horária e dos currículos que eventualmente tenham sido prejudicados pela paralisação das atividades durante a pandemia. Dessa forma, o conteúdo curricular deste ano poderá ser aplicado no próximo ano, por meio da aglutinação de duas séries. Permite também que o aluno concluinte do ensino médio possa fazer novamente uma parte ou todo o 3º ano como forma de recuperar eventual prejuízo em razão da paralisação das aulas.

Os entes federados ficam obrigados a oferecer condições para alunos e professores terem acesso às atividades não presenciais, com assistência técnica e financeira da União. Para tanto, autoriza a utilização de recursos do regime extraordinário fiscal instituído pela emenda Constitucional (EC) 106, de 2020, que também poderão ser aplicados com as medidas de retorno às atividades escolares regulares.

Ainda de acordo com o texto, são exigidos cuidados excepcionais com estudantes em situação de risco epidemiológico, a serem atendidos em regime hospitalar ou domiciliar.

E fica garantida a manutenção de programas suplementares — Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE) e Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) — por 200 dias, mesmo durante o período da pandemia, e permite que os recursos da alimentação escolar sejam repassados para as famílias diretamente ou por meio da distribuição de gênero alimentícios.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

25 de julho de 2000, o fim da era do supersônico Concorde

🔥 CONCORDE EM CHAMAS - Segundos Fatais - Documentário Completo ...

Por Rafael Jácome

Em 25 de julho de 200, uma viagem fatal, rápida e comovente - dois minutos e treze segundos após a decolagem.  A torre de controle ainda entrou em contato com os pilotos: "Concorde 4590, vemos chamas atrás de você" . "Aqui Concorde, temos uma falha no motor 2." A  cidade de Nova York marcou o início do fim do avião supersônico da Air France.

Uma super aeronave capaz de atingir o dobro da velocidade do som, colidiu com um hotel próximo ao aeroporto e 100 passageiros morreram (mais da metade da Renânia, Alemanha), três pilotos, seis comissários de bordo e até quatro pessoas infelizes que estavam no hotel.

© Vidicom/Bernard Charles per ARTE

O primeiro vôo experimental, ocorreu em 1969. Levou mais sete anos para as viagens comerciais. Com 62 metros de comprimento e com quatro motores, o Concorde foi capaz de chegar a 2.179 quilômetros por hora. E assim, se os aviões comerciais levassem sete horas na rota Paris-Nova York, o jato levava metade do tempo. Dado o fuso horário, os viajantes desembarcavam na "Big Apple" antes do horário de partida da capital francesa.

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Shopping Centers, o que encontraremos na reabertura?

Midway Mall (Natal) - ATUALIZADO 2020 O que saber antes de ir ...

Por Rafael Jácome

Em breve as portas dos Shopping Centers deverão ser abertas, o que encontraremos? Para muitos  será um momento de alegria, esperança e de vitória. Mas, devido o isolamento social muitos irão chorar, devido as perdas de produtos (principalmente mofados), pelas demissões, as dívidas acumuladas, clientes mortos e falta de mercadorias, entre tantas outras consequências dessa pandemia.

Entre a felicidade de haver superado parcialmente o Covid-19 e a tristeza do caos financeiro, os proprietários das lojas deverão aprender a conviver e saber usar uma palavra: REINVETAR! Não vai ser fácil, mas, também não será impossível. Agora é momento de união e de fortalecimento do comércio, pois, é evidente a necessidade de sobreviver ao NOVO, caracterizado por uma tormenta de tragédias. 

Equilibrio, coragem e planejamento serão fatores determinantes para a vitória. O comércio já viveu muitos momentos difíceis e superou todos. Com trabalho e perseverança as barreiras serão vencidas.


 

segunda-feira, 20 de julho de 2020

Médicos são os profissionais de maior credibilidade no Brasil, diz pesquisa

Médicos
Fonte: O Tempo

A pandemia do novo coronavírus fez aumentar a confiança da população nos médicos brasileiros. Eles se tornaram os profissionais de maior credibilidade em 2020, com 35% da confiança da população. Na segunda posição, aparecem os professores, com 21%.

Os resultados são de uma pesquisa realizada pelo Datafolha a pedido do Conselho Federal de Medicina (CFM). Foram ouvidas 1.511 pessoas de todas as regiões do país entre os dias 15 e 30 de maio de 2020.

Na pesquisa anterior, realizada em 2018, os médicos tinham um índice de 24% e ficavam atrás dos profissionais da educação, que obtiveram 34%.

O levantamento mostra ainda que atrás de médicos e professores, aparecem os bombeiros (11), policiais (5%), militares e juízes (4% cada) e advogados, jornalistas e engenheiros (3%, cada). Na sequência, surgem os procuradores de Justiça (com 1%) e os políticos (com 0,5%).

Os dados coletados pelo Datafolha a respeito dos médicos mostram ainda que 57% dos brasileiros avaliam como ótimo ou bom o trabalho médico, índice que sobe para 77% quando perguntados especificamente da atuação desse profissional no período da pandemia.

Alexandre Menezes, segundo vice-presidente do CFM, avalia que a pandemia não só mostrou a importância de todos os profissionais de saúde, mas fez a população compreender a necessidade de uma estrutura melhor para o desenvolvimento do trabalho.

Essa avaliação do trabalho dos médicos durante a pandemia vem amparada em percepções específicas. Por exemplo, 79% dos brasileiros avaliam como ótimo ou bom o empenho dos profissionais para atender os pacientes e 73% classificam da mesma forma a qualidade da assistência oferecida. Para 64%, o nível de confiança depositada no trabalho realizado durante a pandemia é alto.

Além disso, 51% dos brasileiros acreditam que o trabalho do médico tem recebido a valorização merecida. Entretanto, avaliam como regular, ruim ou péssimo as condições de trabalho oferecidas aos médicos, ou seja, entendem que o trabalho desses profissionais tem sido prejudicado por falta de infraestrutura.

Vaticano: devido a falta de padres, batismos, funerais e casamentos podem ser celebrados por leigos

Vaticano, sì a nozze e funerali celebrati dai laici, ma senza tariffari

Fonte: La Repubblica
Tradução: Rafael Jácome

CIDADE DO VATICANO - Na Itália muitas paróquias já o fazem, e agora o Vaticano também o certifica. Devido à falta de padres, batismos, funerais e casamentos podem ser celebrados por leigos: o bispo, "em seu julgamento prudente, poderá confiar oficialmente algumas tarefas a diáconos, consagrados e leigos fiéis, sob a orientação e responsabilidade do pastor."

A Instrução escreve: "A conversão pastoral da comunidade paroquial a serviço da missão evangelizadora da Igreja" hoje divulgada pela Congregação para o Clero e promulgada em 29 de junho passado. 

Os leigos poderão presidir a Liturgia da Palavra, onde a Missa não pode ser celebrada devido à falta de padres, mas "sob nenhuma circunstância poderão realizar a homilia durante a celebração da Eucaristia". Além disso, "onde não há padres e diáconos, o bispo diocesano, com o voto favorável da Conferência Episcopal e tendo obtido a licença da Santa Sé, pode delegar leigos para celebrar casamentos".

Em depoimento, Flávio Bolsonaro disse desconhecer vazamento de operação que mirou Queiroz

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) 20/07/2020

Fonte: O Tempo


BRASÍLIA — O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) prestou depoimento nesta segunda-feira e afirmou desconhecer vazamento de informações da operação policial que detectou movimentação financeira atípica do seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Flávio foi ouvido no gabinete dele no Senado pelo procurador Eduardo Benones, do Ministério Público Federal do Rio, que conduz a investigação sobre o caso. Estava acompanhado por sua advogada Luciana Pires, que assumiu a defesa do senador em todas as investigações da qual é alvo, após a saída do advogado Frederick Wassef.

— Ele afirmou categoricamente que as informações da Operação Furna da Onça nunca chegaram ao conhecimento dele — disse a advogada, na saída do depoimento.

As suspeitas envolvendo o vazamento da investigação surgiram a partir de entrevista do empresário Paulo Marinho, ex-aliado do senador. Marinho afirmou que um policial federal avisou a Flávio que Queiroz estava na mira das investigações da Operação Furna da Onça.

Relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) obtido na operação detectou movimentações atípicas na conta de Queiroz e apontou suspeita de um esquema de devolução de salários dos funcionários do gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio, prática conhecida como "rachadinha".

Paulo Marinho também contou que Flávio demitiu Queiroz no dia 15 de outubro de 2018 justamente após ter conhecimento de que o então assessor era alvo de investigações.

Queiroz já prestou depoimento neste caso e também disse desconhecer o vazamento. O ex-assessor afirmou que ele próprio pediu para sair do cargo que ocupava no gabinete de Flávio Bolsonaro, por estar "cansado" e para cuidar da saúde.

Câmara aprova auxílio emergencial de R$ 600 para pequenos agricultores

Caixa paga auxílio emergencial para trabalhadores autônomos que ficaram sem renda durante pandemia do coronavírus

Por Rafael Jácome

Os deputados aprovaram nesta segunda-feira (20) projeto que prevê a concessão de cinco parcelas de auxílio de R$ 600 a agricultores familiares que não tenham sido contemplados pelo benefício emergencial a informais estabelecido pelo governo. O texto foi aprovado em votação simbólica e segue para o Senado.

Segundo o projeto, mulheres agricultoras e que sejam chefes de família terão direito a duas cotas do auxílio (R$ 1.200). Outras condições são iguais às existentes para a concessão do auxílio emergencial a informais, como idade mínima de 18 anos e não ter emprego formal ativo, entre outras.

Os bancos públicos responsáveis pelo pagamento do auxílio não poderão fazer descontos que possam reduzir o valor do benefício para abater dívidas do agricultor ou regularizar o saldo bancário. O mesmo vale para qualquer conta bancária para a qual o beneficiário transferir o recurso.

O projeto também cria o Fomento Emergencial de Inclusão Produtiva Rural, que tem como objetivo apoiar a atividade produtiva de agricultores familiares durante o estado de calamidade pública decorrente do novo coronavírus.

O programa é voltado àqueles que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza, excluídos os benefícios previdenciários rurais.

A União poderá transferir diretamente ao beneficiário do fomento até R$ 2.500 por família, em parcela única. Se for agricultora familiar, a transferência será de R$ 3.000 por família.

Se o projeto contemplar a implementação de cisternas ou outras tecnologias sociais de acesso à água para consumo humano e produção de alimentos, a transferência poderá ser de até R$ 3.500 por família.

Na Itália, nos dias atuais, uma seita psicótica foi desfeita de escravas sexuais



Por Rafael Jácome

Os adeptos eram em sua maioria do sexo feminino, As investigações duraram dois anos: as procuras ocorreram nas cidades de Novara, Milão, Genova e Pádua.

Com práticas de lavagem cerebral e doutrinação, as vítimas foram recrutadas e meninas  forçadas a práticas sexuais. A "seita psicótica", de acordo com os pesquisadores da equipe da polícia de Novara, atuava há cerca de 30 anos, aproximando dezenas de pessoas, que assumiam um papel na organização para recrutar novas vítimas. 

O homem de 77 anos dirigia a organização e teria sido cercado por "legalistas que obedeciam às suas ordens". Para abordar as vítimas, o homem teria tido a ajuda de figuras profissionais do setor de psicologia que faziam parte do grupo.

«Ele decide tudo, a quem você pode comparecer, onde pode trabalhar. Ele escolhe quais garotas devem entretê-lo, se você pode ou não ir aos nossos lugares de fadas. Ele é Ele. Ligamos para ele ou para o médico, porque não podemos nomear o nome dele, não somos permitidos ». O "médico", como todos o chamavam, é um homem de 77 anos encarregado da "seita psicótica" descoberta pela polícia ao final de uma investigação coordenada pelo Ministério Público de Turim. A história é a de uma criança, vítima de abuso e assédio, uma menina quase adolescente reduzida a uma escrava sexual.



sábado, 18 de julho de 2020

Quem não planta e vai colher no roçado dos outros, é um usurpador

Com grande freqüência - Arturo Graf - Frases


Por Rafael Jácome

Maquiavel foi muito feliz ao escrever seu livro "O Princípe" - cujo eixo central é: se você é um princípe e governa um estado, seu principal objetivo é permanecer no poder e dirigir o Estado em seu melhor proveito.

A sua filosofia política não dá espaço  ao moralismo, nem para sentimentos ou compaixão. Muitos o consideram como um mau sujeito, mas, ele foi extremamente racional e psicologicamente perspicaz. Porém, as pessoas aprenderam apenas o X da sua tese: "os fins justificam os meios"( a frase não é sua e não aparece em O Príncipe e em nenhum outro texto do filósofo). Daí ser tão mal contextualizada e sua filosofia política ser usada exclusivamente para o mau.

Em Natal, nesta semana, tivemos um fato politicamente corriqueiro: uns plantam e outro entra no roçado e colhe. Decerto para politicamente plantar precisa de tempo, estratégias, investimentos, liderança, paciência, almoços, portas de empregos, sabedoria política e um companheiro (amigo) para dividir as angústias e as alegrias. Ambos(os amigos) são comprometidos em investir no grupo.

Nada pode sair errado!

O trabalho árduo de formação e união do grupo tem um objetivo: fazer, no mínimo, dois vereadores! Mas, somos frutos das nossas escolhas e quando elas falham, vem "aquele que se apodera por violência ou meios injustos daquilo que não lhe pertence ou a que não tem direito" (definição de usurpador - Dicionário Online de Português). Resultado: os interesses pessoais de poder e da permanência nele prevalecem, em detrimento dos sonhos dos membros do grupo.

Os dois amigos, entre uma análise e outras, continuam unidos. O mais sábio, não em política, mas em educação, ressaltou: "Maquiavel não foi o único a nos ensinar, temos em Isaac Newton um bom exemplo para o que estamos vivendo: a sua terceira lei que recebe o nome de Lei da Ação e Reação esclarece que - "A toda ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade: as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas em sentidos opostos.” Vamos aguardar o diálogo!

O Raio-X da gestão Álvaro Dias por Hermano Morais

Rafael Motta e Hermano Morais. Foto: Divulgação

Por Rafael Jácome


Em entrevista a um jornal local, o pré-candidato a prefeito Hermano Morais (PSB), resolveu finalmente falar. Comentava-se da sua desistência, mas, é candidato. Como não poderia de ser, atacou o prefeito em todas as suar respostas, dando o ponta-pé inicial do seu jogo.

Afirmou que Álvaro Dias tem usado da propaganda paga com dinheiro público para fazer promoção pessoal. Destacou sua trajetória e origem política na região do Seridó e que atualmente procura se tornar conhecido em Natal. Para tanto, aproveita o momento de calamidade pública, e na condição de gestor, tenta de todas as formas uma auto-promoção. 

Segundo o deputado estadual Hermano Morais, "apesar de tantas festas e de tanta promoção pessoal, de tanto gasto com propaganda com rádio, jornal e televisão, ele não consegue ter apoio popular que desejaria."

Sinalizou que buscará o apoio do Partido dos Trabalhadores (PT) e finalizou declarando que no período da campanha eleitoral todos terão "oportunidade de se manifestar, colocar suas propostas e fazer suas críticas, o que hoje não está acontecendo, naturalmente este quadro vai mudar".

Talvez o deputado Hermano na sua quarentena do Covid-19, não teve acesso às informações dos noticiários em relação a aprovação dos natalenses ao atual prefeito Álvaro Dias. O discurso da oposição tem de ser mais enfático, com fatos e dados e, principalmente envolvendo à população, caso contrário, não surtirá nenhum efeito.

sexta-feira, 17 de julho de 2020

A boa repercussão da defesa da Vereadora Nina Souza (PDT) ao prefeito Álvaro Dias

ÁLVARO DIAS PRECISA DE NINA SOUZA NA CÂMARA DE NATAL! - Notícias ...

Por Rafael Jácome


A vereadora Nina Souza (PDT) acertou na sua defesa ao prefeito Álvaro Dias: lhe rendeu muitos apoios e foi bem acolhida por todos que acreditam no uso do antiparasitário ivermectina, na prevenção ao Covid-19. Outro fato importante no seu posicionamento foi a afirmação que a gestão municipal  atendeu as recomendações dos infectologistas.

Nas ruas as pessoas elogiam a iniciativa do prefeito Álvaro Dias na condução do combate ao coronavírus. Segundo a estudante Claudiana Costa, 33, afirma: "O prefeito foi para frente desde o início do combate a esta pandemia, não se acovardou e tomou decisões pensando no povo, na sua saúde e em defesa da vida. Concordo com a vereadora"

A oposição, que convocou o Ministério Público, acusou Álvaro Dias de realizar "atos de  populismos", aproveitando da ocasião para tirar benefícios eleitorais. A contestação da vereadora Nina Souza (PDT) foi taxativa: “ele (Álvaro Dias) não poderia é estar de braços cruzados, não está errando sob nenhuma hipótese.”

A mesma opinião teve o senhor Joel Medeiros: "O Ministério Público deveria ser convocado para fiscalizar os desmandos que estão sendo realizados com as verbas para o combate do coronavírus e são desviadas. Estes são os verdadeiros politiqueiros. O prefeito agiu corretamente".

Enquanto a Ivermectina gerou este conflito, os casos de coronavírus em Natal estão diminuindo. O prefeito Álvaro Dias decretou a reabertura da economia e começou a desativar leitos para pacientes de coronavírus nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPA). Apesar disso, o Hospital de Campanha será mantido para atender os casos que surgirem.

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Ivermectina, Vereadora Nina Souza (PDT): "Álvaro Dias não poderia é estar de braços cruzados"

Projeto de Lei da vereadora Nina Souza institui dia em defesa aos ...

Por Rafael Jácome


Acusado pela oposição por fazer propaganda eleitoral antecipada, devido a distribuição gratuita à população natalense do antiparasitário ivermectina, o prefeito Álvaro Dias, recebeu o apoio da vereadora Nina Souza (PDT), afirmando que a gestão municipal  atendeu as recomendações dos infectologistas que indicam o medicamento na prevenção contra o coronavírus.

O Ministério Público vai apurar se houve propaganda eleitoral antecipada. Na avaliação de Nina Souza, “ele (Álvaro Dias) não poderia é estar de braços cruzados, não está errando sob nenhuma hipótese.”

Segundo a vice-presidente da CMN o prefeito tem feito uma boa gestão neste período de pandemia, com atitudes e decisões certas de enfrentamento ao Covid-19, e ressalta:  "Os dados apontam que o trabalho está tendo bons resultados. As filas estão diminuindo, as pessoas estão tendo maior assistência e o trabalho profilático avançou".