terça-feira, 30 de junho de 2020

Diante de um contexto de mortes por um lado e de falências e desempregos do outro, governadora anuncia reabertura do comércio

Brasil adota uso de máscaras como política de saúde pública

Por Rafael Jácome


Depois de muitos adiamentos para a reabertura da economia no estado, a governadora Fátima Bezerra finalmente oficializou para o dia 1 de julho. A situação é bastante difícil tendo em vista as mortes do Coronavírus que atingiram o número de 994 óbitos no RN, onde mais de 200 pessoas morreram à espera de leito.

Paralelo a esta situação desesperadora do Covid-19, temos o desmantelamento do comércio em todo o estado. São mais de 3 mil empregos com carteira assinada perdidos em maio e, somente em 2020, já são quase 17 mil. Pesquisa realizada pelo Instituto Exatus aos natalenses, 66% querem que o comércio seja reaberto. 

O prefeito Álvaro Dias anunciou para hoje (30) a reabertura da economia. Os comerciantes não aguentam mais com a crise gerada pela pandemia. As associações, lideranças comerciais e os próprios funcionários estão ansiosos para reverter este caos. Diante de um contexto de mortes por um lado e de falências e desempregos do outro, o presidente da FECOMÉRCIO/RN, Marcelo Queiroz, afirmou que "teremos que aprender a conviver com o vírus". Difícil, mas, é a realidade!

Nenhum comentário: