domingo, 21 de junho de 2020

Economia: é hora de sair do lamaçal da corrupção e da inoperância.

Agora RN Prefeito de Natal prorroga abertura do comércio e ...

Por Rafael Jácome

Mais uma semana passou e nada de novo aconteceu e o comércio navega com o seu barco em oceanos de tempestades. Aqui vamos nós de novo. Mais um tapa nas categorias de produção inteiras, que a joia da pandemia fez cair de joelhos. Os políticos e a "Corte"  serviram apenas para alinhar as negatividades desse período, sem oferecer perspectivas às famílias e empresas que desejam voltar aos mares tranquilos e navegáveis. Os representantes das indústrias, do comércio e organizações do setor encheram os noticiários por uma semana inteira: "estamos no limite, não aguentamos mais". Mas as respostas dadas até agora pelo executivo são vagas.

Antes de tudo, os adiamentos criam incertezas e dúvidas, gerando desconfortos e desesperos. A sociedade, inerme, acompanha as notícias com medo do pior, pois a cada dia aumentam as consequências brutais da pandemia na economia. As instituições agora precisam fazer um esforço enorme para que não sejam geradas mais pobrezas e marginalização. Muitas empresas estão entrando em colapso. De fato, as empresas desistiram de investir e os trabalhadores não precisam mais passar o almoço em bares e restaurante, pois o horário também mudou. Aliás, muitos já estão desempregados e os números assustam: mais de 11 mil demissões no RN. Não dá para brincar! 

A governadora precisa definir o que será feito para o retorno das atividades no comércio, sobre a ameaça de ver um estado naufragado em dívidas e sua população empobrecida. Um governo que pouco fez para combater o Coronavírus, pelo contrário, optou pelo mar de lamas da corrupção até hoje não explicado. É hora de tomar rumo!

Nenhum comentário: