segunda-feira, 1 de junho de 2020

Juiz Celso de Melo e o risco de ser implantado no Brasil um regime Neo-nazismo

Ministro Celso de Mello deixará o STF em 2020 | ND

Fonte: Ansa.it

O juiz brasileiro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou a seus colegas uma mensagem sobre o risco de um regime semelhante ao nazismo alemão da década de 1930 ser implantado no Brasil.

"Com as devidas proporções mantidas, o ovo da cobra, semelhante ao (chocado) durante a República de Weimar (1919-1933) está prestes a eclodir no Brasil", observa Celso de Mello na comunicação dirigida aos outros 10 membros do STF, segundo publicou o portal da Folha de São Paulo.

"É necessário resistir à destruição da ordem democrática ... para impedir que ela aconteça (como na Alemanha) quando Hitler, depois de ser eleito pelo voto popular, impôs um sistema totalitário", ressalta. Celso de Mello é o mais antigo magistrado do STF e é responsável por uma investigação de uma reunião do gabinete em que Bolsonaro pediu à Polícia Federal que relatasse investigações secretas que afetavam sua família.

Bolsonaro criticou duramente Mello na semana passada e ameaçou processá-lo aplicando a Lei de Abuso de Autoridade.

Em outro parágrafo, o magistrado destacou que os grupos "bolsonaristas e outros líderes que desprezam a liberdade e odeiam a democracia", além de apoiar o "estabelecimento no Brasil de uma ditadura militar desprezível e abjeta". (ANSA).

Nenhum comentário: