domingo, 28 de junho de 2020

Quem será o próximo Papa?



Fonte: Revista IUH



A reportagem é de Francesco Boezi, publicada por Inside Over,
 A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O Papa Francisco poderia decidir se tornar “emérito”. Bergoglio parece ter apreciado a novidade introduzida por Ratzinger, a do pontífice emérito. Em suma, o exercício do escritor Pentin é mais do que lícito e, do ponto de vista do autor do livro, que deve ser publicado na Itália até o fim do ano, também é útil para os cardeais.

Por que um livro sobre o sucessor de Bergoglio?

Em um conclave, geralmente, não é apenas o público que tem pouco ou nenhum conhecimento sobre o futuro papa. Talvez, surpreendentemente, nem mesmo os cardeais que estão votando nele. No último conclave de 2013, um cardeal declarou de forma memorável que havia achado confusas as informações recebidas, e outros se queixaram da falta de informações sobre aqueles em quem se votava. Esse problema tornou-se mais agudo desde que o Papa Francisco deixou de realizar reuniões pré-consistório do Colégio Cardinalício. Tradicionalmente, o evento é uma boa oportunidade para os cardeais se encontrarem e se conhecerem. Portanto, este livro tem como objetivo principal equipar cardeais e fiéis em geral com um conhecimento detalhado sobre alguns cardeais que acreditamos que poderiam ser eleitos papa.

O livro trata de 19 perfis: essa afirmação está correta? Por que esses 19?

Sim, o livro contém 19 perfis papáveis. Nós os escolhemos porque consideramos que eles têm as maiores possibilidades de serem eleitos papa, dado o seu histórico, a sua reputação e a sua classificação na Igreja, embora, naturalmente, como diz o velho ditado romano, “quem entra papa no conclave sai cardeal”. Ou, como disse um amigo, espera-se que o próximo papa não seja o 20º – aquele que não incluímos!

 Revista IUH

Nenhum comentário: