quarta-feira, 15 de julho de 2020

Crescimento populacional mundial até 2100: Inversão na pirâmide etária

Multidão se aglomera pelas ruas do Teerã

Por Rafael Jácome


Será publicado nesta quarta-feira (15) pela revista científica "The Lancet", os resultados do estudo realizado pelos pesquisadores do Instituto For Health Metrics and Evaluation (IHME) , onde destacam que a população mundial atingirá o número de 9,7 bilhões em 2064. Depois este número diminuirá, atingindo 8,8 bilhões até 2100, 2 bilhões a menos que o projetado pela Organização das Nações Unidas (ONU). 

O novo estudo questiona os números de crescimento contínuo ao longo do século XXI,  apresentados pela ONU. Pesquisadores do IHME, um organismo financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates, uma referência por seus estudos globais em saúde pública, acrescentam que a população em idade ativa terá diminuído e onde as pessoas com mais de 80 anos serão seis vezes mais numerosas do que agora (de 141 para 866 milhões), Isso acarretará uma inversão da pirâmide etária que terá “profundas consequências” na economia e na organização de famílias, comunidades e sociedades.

Nenhum comentário: