sábado, 4 de julho de 2020

Desemprego real no Brasil pode ser o dobro do que revelam pesquisas oficiais, aponta estudo

Dezenas de milhões enfrentam desemprego com escalada da crise do ...

Fonte: Revista IHU
Adaptação: Rafael Jácome

O estudo dos Analistas-Tributários chega a conclusões alarmantes quanto ao emprego no Brasil. De acordo com o grupo de estudos tributários do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), a taxa real de desemprego no Brasil supera os 25%, praticamente o dobro da taxa oficial, de 12,9%. O diagnóstico aponta que mais de 64 milhões de brasileiros adultos se encontram desempregados ou na informalidade, o que equivale a 55% da força de trabalho do país. São quase 30 milhões de brasileiros adultos que não trabalham, não estudam e que não têm qualquer fonte de renda.

O presidente do Sindireceita, Geraldo Seixas, afirma que essa realidade acaba por afetar toda sociedade ao pressionar o sistema público de seguridade e comprometer o orçamento da União. Isso porque, dos 167 milhões de brasileiros com idade superior a 15 anos, pouco mais da metade (53%) contribui de alguma forma para o sistema previdenciário, por exemplo. “São os 42,3 milhões de trabalhadores formalizados, os 8,8 milhões de empreendedores com registro regular e os próprios beneficiários da previdência, que somam cerca de 38 milhões, que sustentam todo o sistema. No fim das contas, excluídos os beneficiários da previdência, apenas um em cada quatro brasileiros adultos suporta todo o sistema de Previdência Social”, advertiu.

Nenhum comentário: