domingo, 18 de outubro de 2020

Álvaro Dias e o dilema da vitória

 

Por Rafael Jácome

O clima que tudo está indo bem e caminhando para a vitória ainda no primeiro turno, prevalece diante de qualquer comentário de um possível segundo turno nos liderados pelo atual prefeito de Natal. Segundo eles, o momento é de constante avaliações e vigilância para não cometerem erros, atropelos, quebra de focos, discórdias, clima de “já ganhou” e intolerância nas relações entre os colaboradores de Álvaro Dias.

Entretanto, a oposição está se aliando para um provável confronto no segundo turno. Isso não é bom para Álvaro, tendo em vista a enorme quantidade de candidatos opositores. Com um Kelps Lima se destacando na liderança dos seus adversários, podemos ter duas vertentes:

1ª – confirmando-se Kelps como seu opositor no segundo turno, é bem provável que correntes de partidos de esquerda e grupos descontentes pelo "isolamento" dado por Álvaro antes do pleito, declarem os seus apoios. Porém, como é difícil acreditar em seus acordos e nas suas palavras, este bloco não terá forças para um enfrentamento em iguais condições; e

2ª – Caso Álvaro seja mais flexível, no pouco tempo que terá para negociar acordos, dificilmente perderá a eleição. O grande problema é saber da disposição do prefeito nas negociações.

Apesar do quadro atual de projeções das pesquisas, é bom ambos os lados estarem atentos ao que pensa a população.

Nenhum comentário: